sexta-feira, 31 de maio de 2024

Ainda no âmbito das comemorações do 25 de abril

No dia 29 de maio realizou-se um encontro com o contador de histórias Rui Ramos para os alunos do 4º ano do agrupamento e alunos das turmas do 2º ciclo, ainda no âmbito das comemorações do 25 de abril, os quais assistiram ao conto “O Miguel e o Kiko no 25 de abril” de Gisela Silva. Os alunos das turmas do 4º ano do Centro Escolar Norte e da Escola Básica de Covas, para além dos alunos das turmas do 4º ano do Centro Escolar de Cerveira, aproveitaram a vinda à Escola Básica e Secundária para visitarem brevemente as instalações das mesmas. A professora bibliotecária fez as honras e tambémm poderam satisfazer a sua curiosidade e colocarem algumas questões práticas relativas a algumas preocupações naturais sobre a escola-sede, a qual frequentarão para o próximo ano letivo.

segunda-feira, 29 de abril de 2024

Foi assim a nossa Semana da Leitura

Realizou-se entre os dias 22 e 26 de abril a Semana da Leitura no nosso agrupamento. Tentou-se diversificar as atividades para os diferentes públicos-alvo e ciclos de ensino: concursos de leitura e escrita, encontros com escritores, espetáculos de música, teatro, poesia, palestras, desafios e exposições. Algumas das atividades do programa foram organizadas em estreita pareceria com a biblioteca municipal, a qual agradecemos desde já a colaboração e patrocínio. As demais foram apoiadas pela direção do nosso agrupamento, o qual também fica aqui o nosso reconhecimento e agradecimento. Vejam algumas imagens da semana no vídeo... Para além destas, ainda tivemos uma atividade de escrita criativa com os alunos da turma do 1ºA do Centro Escolar Norte - “Palavra em Movimento: transformar para a liberdade” (23 de abril).

quarta-feira, 10 de abril de 2024

Encontro com a escritora Adélia Carvalho

Nos dias 9 e 10 de abril, deslocou-se ao nosso agrupamento a escritora infanto-juvenil Adélia Carvalho. Contou, à sua maneira (que é de uma forma distinta e em rima) algumas das suas histórias publicadas, com o objetivo pedagógico de promover a leitura e motivar as crianças para os livros, interagindo com elas no sentido de mobilizar os seus conhecimentos e pequenas vivências, colocando a sua imaginação, curiosidade e o espirito crítico à prova _ "olhar para o mundo com outros olhos".

quinta-feira, 4 de abril de 2024

"LIVROS PROÍBIDOS NO ESTADO NOVO" - EXPOSIÇÃO SOBRE A CENSURA COMO PRÁTICA DE LEITURA

No âmbito das comemorações dos 50 anos do 25 de abril, estará na Biblioteca Escolar do Centro de Recursos Educativos da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira (escola-sede) uma exposição alusiva à temática da censura de livros e autores durante o Estado Novo com alguns livros físicos e títulos que durante esse período foram objeto do famoso "lápis azul" e onde poderão também ver algumas edições fac-similes de relatórios de censura, carimbos e selos, para além de acesso, através de QR-Codes, a reproduções áudio de alguns excertos que foram considerados imorais ou impróprios durante o Estado Novo pelas Comissões de Serviço de Censura da PIDE consitituídas para o efeito. Os títulos selecionados foram fruto de uma lista sugerida pela Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (BGUC), em resposta ao desafio colocado pelo Plano Nacional das Artes (PNA) e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE). Conhecer a história da proibição dos livros é uma forma de olharmos retrospetivamente para as transformações trazidas pelo 25 de abril de 1974, mas também de interrogarmo-nos criticamente a leitura enquanto prática social e política. Assim, esta exposição tem um duplo objetivo pedagógico: dar a conhecer a história social e política através das obras censuradas e permitir observar a censura como prática de leitura documentada nos próprios pareceres que justificam a proibição. Para além desta exposição que decorrerá ao longo do mês de abril, terá outra permanente nas zonas de circulação do Centro de Recursos Educativos, em expositores próprios, referente ao período de transição entre o 25 de abril de 1974 e o 25 de novembro de 1975.
Esta centra-se nas alterações sociais e políticas vividas na época. Esta exposição apelidada de "25N" foi produzida pelo Instituto +Liberdade e conta-nos o que aconteceu durante este período marcante da nossa história. Em 2022 esteve patente na Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa, e este ano estará em mais de 250 locais, sendo a nossa escola um desses locais! Para quem estiver interessado no tema, aconselho a ler o artigo jornalistico também de um jornalista do Diário de Notícias que faz uma comparação contrastiva interessante e crítica entre as duas datas: https://www.dn.pt/opiniao/o-dia-25-de-novembro-de-1975-foi-um-dia-bonito-17146992.html/

quarta-feira, 20 de março de 2024

Abril, mês da liberdade! Participa no concurso de escrita sobre o tema!

A biblioteca escolar, em articulação com o departamento de Línguas, lançou no fim deste 2º período um concurso chamado "Escrita LIVRE". Este tem como finalidade a promoção da expressão livre e criativa dos alunos do 3º ciclo e ensino secundário, através da produção escrita de texto que pode assumir um dos seguintes géneros: artigo de opinião (cerca de 300/350 palavras); carta; poesia; ou conto. A inscrição é automática aquando o envio dos trabalhos via email para a bibliotea escolar (becerveira@gmail.com) até o dia 10 de abril. Para mais informações, pede o regulamento à biblioteca escolar ou fala com a tua professora de Português.

quarta-feira, 13 de março de 2024

OS ALUNOS FORAM ÀS URNAS E VOTARAM NOS LIVROS + FIXES DESTE ANO - "

No passado dia 8 de março de 2024 os alunos da Escola Básica e Secundária foram às urnas para participarem na iniciativa da VISÃO Júnior que já vai na sua 8ª edição. Este ano, através da biblioteca escolar, a professora bibliotecária inscreveu o 2º e 3º ciclos e o ensino secundário para todos os alunos do nosso estabelecimento escolar poderem participar. Lembramos que esta é a nossa 3ª vez que participamos, tendo começado apenas com o 3º ciclo em 2021/22, depois juntamos o ensino secundário no ano letivo seguinte (2022/23) e finalmente, envolvemos igualmente o 2º ciclo da nossa escola. Os alunos participaram com entusiasmo e até houve autocolantes e alguns cartazes e sessões fotográficas durante o período de campanha eleitoral para convencerem os alunos do 2º ciclo a votarem no livro/candidato que apoiavam - "O Diário de um Banana: O Rodrick é Terrível" de Jeff Kinney.
Este ano participaram 423 alunos da escola-sede de Vila Nova de Cerveira, cerca de 70% dos alunos matriculados na mesma. Agradecendo a todos os alunos que participaram ativamente no dia das eleições (mesas de votos e escrutínio) e aos demais alunos que procuraram promover e apoiar o seu livro preferido e aos eleitores, deixo aqui o vídeo de divulgação dos resultados para consulta ... (e muito mais!)

domingo, 3 de março de 2024

4ª EDIÇÃO DO OEIRAS INTERNET CHALLENGE

Mais uma edição e mais uma participação da nossa escola na final nacional do concurso "Oeiras Internet Challenge", iniciativa da Câmara Municipal de Oeiras em pareceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, dirigida aos alunos do ensino secundário. A equipa que nos foi representar autointitulada "É pr'ó currículo" foi composta pelas alunas do 12ºA, Énia Torres e Leonor Lucas. Este ano não conseguimos lugar no pódio mas valeu a experiência! Relembro que este concurso tem como objetivos: desenvolver competências de pesquisa, seleção e avaliação da informação disponível na Web, promovendo não só a utilização eficaz das ferramentas de pesquisa e recuperação da informação, mas também a análise crítica e seletiva da informação e/ou de fontes de informação. Ao contrário da edição do ano anterior, a organização das questões em prova («Kahoots!») apostou em questões relativas à veracidade/validação das informações («Fake News») e imagens (imagens editadas/manipuladas), tentando assim alertar para os perigos da internet e media e desenvolver a literacia da informação. Esta final foi apresentada pelo conhecido apresentador da RTP José Carlos Malato, na Escola Secundária Luís de Freitas Branco em Paços de Arcos, Oeiras e foi transmitida em direto (que poderão rever) pelo Facebook da Rede Municipal das Bibliotecas de Oeiras, ontem, dia 2 de março pleas 14h.- https://www.facebook.com/bibliotecasmunicipaisdeoeiras/live_videos?locale=pt_PT Queremos agradecer o transporte cedido generosamente pela autarquia.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Alunos assistem a peças de teatro totalmente em Inglês e fazem parte do enredo!

No passado dia 16 de fevereiro, as turmas do 7º e 8º anos (sessão de manhã) e as turmas do 9º, 10º e 11º anos (sessão da tarde) da Escola Básica e Secundária do nosso agrupamento deslocaram-se ao Cinteatro em Vila Nova e Cerveira para assistirem a peças de teatro interativas em Inglês. As turmas da sessão de manhã foram assistir à peça "Sherlock Holmes and the Railway Riddle" e as turmas da sessão da tarde assistiram à peça "A Midsummer’s Night Dream". Estas peças foram apresentadas pela companhia de teatro Calliope com atores profissionais de expressão de língua Inglesa, contribuindo assim para os objetivos pedagógicos propostos. De salientar a qualidade das representações, a adequação aos níveis etários e linguísticos dos alunos e o interesse e entusiasmo manifestados pela maioria destes. Os atores pediram voluntários da plateia para alguns alunos subirem ao palco e desempenharem papéis de personagens. Foi muito interessante, despertando curiosidade e entusiasmo crescente entre todos!
De seguida transcreve-se um breve texto de opinião de um dos alunos que participaram na atividade promovida pelo Departamento de Línguas do nosso agrupamento, especificamente a disciplina de Inglês e patrocinado pela Câmara Municipal: "A Midsummer Night’s Dream (by Martim Alves, nº12, 11ºA) I had a truly amazing afternoon when I went to see «A Midsummer Night’s Dream» with my classmates last Friday. It was a remarkable and inclusive experience. Performed by «Calliope Theatre Company», the actors started out by choosing volunteers from the audience to actively participate in the play. It was a rare and innovative idea. The audience was surprised by this event. The most enjoyable part, from my point of view, was the times when the «crowd actors» participated in the play. The true actors really made a dynamic and, most importantly, not boring play. However, not everything was perfect in my opinion. I found it a little bit confusing whenever the real actors changed from the characters of the play into «real» people. For instance, I was a little bit lost sometimes when Mathew changed from Shakespeare into his character, and vice-versa. Despite this, I would still recommend this play to other people, even if English is not your strongest suit!"

Boletim - 2ºSemestre-2020/2021

Ainda no âmbito das comemorações do 25 de abril

No dia 29 de maio realizou-se um encontro com o contador de histórias Rui Ramos para os alunos do 4º ano do agrupamento e alunos das turmas ...